Após pintar o cabelo, mulher sofre reação alérgica grave

“Minha testa dobrou de tamanho e a minha cabeça parecia uma lâmpada”, disse a jovem

Ter reações alérgicas a alimentos, produtos de limpeza e ácaros é muito comum, porém algumas delas podem causar sintomas muito graves. Um caso muito raro chocou os internautas nas últimas semana. Isso porque, uma jovem inglesa de 19 anos chamada Estelle sofreu uma grave reação alérgica provocada pela substância P-fenilenodiamina, ou PPD, presente em tinturas para cabelos.

Após comprar uma tinta tonalizante em um supermercado em Paris, na França, e aplicá-lo em seu cabelo, Estelle começou a notar os primeiros sinais de irritação no região aplicada. O couro cabeludo coçava e o rosto inchou.


Então, ela decidiu passar algumas pomadas em casa, mas se assustou ao ver sua imagem no espelho no dia seguinte. “Eu ainda conseguia enxergar, mas estava tendo dificuldades para respirar. A minha testa dobrou de tamanho e a minha cabeça parecia uma lâmpada'”, disse ao jornal Le Parisien.

Ao procurar atendimento no hospital mais próximo, os médicos disseram que sua cabeça, de 56 centímetros, havia aumentado para 63.

De acordo com Estelle, essa não foi a primeira vez que sofreu uma reação alérgica com tinturas, por isso sempre que possível ela testa antes os produtos. Contudo, ao invés de aguardar as 48 horas recomendadas, ela aplicou a tinta apenas 30 minutos depois de testá-la.

A mãe da jovem acredita que deveriam haver instruções mais claras sobre os riscos: “É verdade, ela não seguiu as instruções, mas o alerta precisa ser mais claro”.