Bebê é fotografada com as seringas necessárias para seu nascimento.

Problemas de concepção são um martírio para muitas pessoas. O desejo de ter filhos costuma ser tão grande, que muitos casais não poupam gastos nem esforços até que finalmente atinjam esse objetivo.
Kimberly e Patricia O’Neill também precisaram de muita paciência e perseverança. Por muito tempo, elas tentaram ter um filho, mas três abortos espontâneos levaram Patricia à beira do desespero e desesperança. Em 2017, ela estava pronta para desistir:

“Eu estava esgotada. Eu tinha desistido de tentar. Eu não queria mais ir ao médico, só queria jogar a toalha. Mas minha esposa e minha mãe me deram coragem para continuar”, conta Patricia.

Ao todo, foram quatro anos até que as duas fossem presenteadas com uma filhinha em 2018. Em 3 de agosto deste ano, no Arizona (EUA), nasceu a pequena London O’Neill. A menininha é a primeira filha do casal, que já tinham duas outras crianças de casamentos anteriores.

“Quando ouvimos pela primeira vez o seu choro, nós nos olhamos e começamos a chorar. Eu tremia e estava em lágrimas. Eu senti um peso saindo das minhas costas. Ela estava finalmente ali. Nunca estivemos tão emocionadas. Eu mal consigo acreditar que finalmente temos nossa bebê. Nós realmente conseguimos”, recorda Patricia.


O caminho foi longo e árduo. Para que a pequena London nascesse, Patricia precisou passar por muita coisa. Foram exatamente 1616 injeções ao longo de quatro longos anos para que ela conseguisse engravidar. Patricia jamais se esquecerá desse número.

Desde o início do processo, a mulher de 30 anos guardou literalmente cada seringa que foi utilizada. E depois do nascimento de London, elas foram usadas para criar esta imagem angelical, em que a menininha aparece no centro de um coração de seringas.

“É realmente incrível ver todas as seringas. Você vê esse número enorme e pensa como é impressionante ter passado por tudo isso. Eu e minha esposa vimos a imagem e choramos”, conta Patricia. Outras inúmeras pessoas também se emocionaram ao ver a foto na internet.

Esperamos que essa imagem também incentive outros casais a não desistirem de seus sonhos. Quando se tem seu lindo bebê nos braços, todo o sofrimento é esquecido. Kimberly, Patricia e suas três crianças estão completas agora, com um lindo futuro pela frente.