Bizarro: Mulher que engravidou de Chimpanzé luta na Justiça pelo direito ao aborto.

Um curioso processo judicial tem dividido opiniões no estado de Connecticut, nos Estados Unidos.

Uma professora, que não teve a identidade revelada, entrou na justiça com um pedido de autorização para fazer um aborto, alegando ter engravidado de um chimpanzé da cidade de Hartford, capital do estado.

Eu estava passando no zoológico e já era fim de tarde. As pessoas já estavam de saída e eu fiquei uns instantes observando um chimpanzé numa jaula. Ele me viu e começou a bater punheta, então rolou um clima, porque eu já estava sem namorado há mais de uma no e acabou rolando um sexo selvagem ali mesmo, como num roteiro de filme pornô bizarro vagabundo, sem direção de arte”, confidencia.

Ela assegura que não manteve relações sexuais com mais ninguém desde então, motivo pelo qual afirma ter certeza a respeito da paternidade da criança.

“Não pretendia ser mãe agora, porque isso vai atrapalhar minha faculdade. Além do mais, como vou explicar para essa criança quem é o pai dela?”, pondera, acrescentando a tais considerações o fato do pai da criança ser um animal irracional “que não trabalha e não vai contribuir em nada com a criação do filho”.

Ativistas pró e contra o aborto têm se manifestado nas ruas, cada qual defendendo seu ponto de vista.

Na última semana chegaram a entrar em confronto na região central da cidade, ocasião em que foram presas quinze pessoas e um homem ficou gravemente ferido.

O pedido foi ajuizado na Corte estadual, mas ainda não tem data para ser julgado.

No Brasil, ativista “Pró-escolha”, enviaram moções de apoio ao deferimento do pedido, alegando que “a mulher deve dispor de seu próprio corpo, inclusive tendo a liberdade de escolher transar com animais irracionais tanto do sexo masculino, como do sexo feminino.”

E você que achou da história? Sub-real né!!