Fraternidade é suspensa após estudantes forçarem cão a beber cerveja

A Universidade de Hofstra, em Hempstead, Nova York, suspendeu o Alpha Epsilon Pi de todas as atividades depois que um vídeo de seus membros forçando um cachorro a beber cerveja de um barril foi divulgado.

No vídeo, um aluno é visto segurando o pequeno filhote em cima de um barril enquanto outro despeja a cerveja na boca do cachorro. Os membros podiam ser ouvidos rindo ao fundo e gritando “vamos lá”.

O vídeo, que tem apenas cinco segundos de duração, foi publicado pela primeira vez no Snapchat por um de seus membros, mas foi postado no Twitter por um espectador furioso.

“Então, aparentemente, está tudo bem para forçar os cães a beber cerveja, mesmo que isso possa matá-los”, twittou Kristina .

O vídeo provocou indignação entre estudantes, funcionários e usuários de mídia social.


“O comportamento visto no vídeo é inaceitável e viola o Código de Padrões Comunitários da Universidade”, disse um porta-voz da Hofstra ao Patch.com .

Os alunos identificados no vídeo estarão sujeitos a ações disciplinares.

De acordo com Jon Pierce , porta-voz da mídia de Alpha Epsilon Pi e ex-presidente, seu capítulo foi colocado em “cessar e desistir” devido ao incidente. As atividades do capítulo permanecerão proibidas enquanto o incidente ainda estiver sendo investigado.

“Esperamos poder usar isso como um momento de ensino para ajudar a formar jovens melhores e mais comprometidos com nossas políticas e nossa missão de desenvolver os futuros líderes das comunidades judaicas do mundo”, disse Pierce ao Patch.com .