Funcionários de obra são demitidos após maltratarem cão enquanto tentavam “assustá-lo”

Imagens de uma câmera de segurança flagraram o momento em que um grupo de trabalhadores do Conselho Nacional de Estradas (CONAVI), do Ministério das Obras Públicas e Transportes da Costa Rica, maltratam um cão de rua enquanto tentam “brincar” com ele e maneira abusiva.

O pobre animal se conduziu em direção aos homens procurando por um pouco de comida, água e companheirismo. Contudo, o que encontrou foi um cenário hostil. Sem dó e pensando apenas em sua diversão, os trabalhadores amarraram latas de cerveja vazia no rabo do animal.

O vídeo mostra o desespero do cachorro.

Por nota, a CONAVI se manifestou a respeito do ocorrido. “Nós somos contra qualquer tipo de abuso animal, então tomaremos as medidas apropriadas em relação aos responsáveis ​​pelo evento”, afirmou. A entidade também agradeceu as denúncias recebidas que trouxeram o caso à tona.

Identificados como José Luis Villalobos Quesada e Handell Eduardo Juárez Álvarez, os dois funcionários envolvidos no caso foram demitidos. E caso o ato de mau-trato seja configurado e o cão tenha sofrido algum dano, a punição aos envolvidos pode variar de três meses a dois anos de prisão, como indica a Lei do Bem-Estar dos Animais no país.