Homem é preso após ser filmado abusando de criança de 10 anos em praça pública

O CASO ACONTECEU EM ARAPONGAS, PARANÁ

No norte do Paraná, em Arapongas, um homem foi preso após ser visto – e filmado – abusando de uma criança de 10 anos na última quarta-feira (26). O vídeo foi feito por trabalhadores de um posto de combustível que ficava em frente à praça, onde o crime foi cometido.

Durante a gravação dá para ver que a criança está incomodada. Ela foi obrigada a sentar no colo do criminoso, enquanto ele acariciava seu corpo e chega até a beijar a nuca da menina. O abuso só para quando outra criança chegou. Mas, assim que a menina sai, o crime continua.

Segundo a Polícia Militar (PM), o rapaz teria levado a filha e a amiga dela para passear de bicicleta. Depois de brincarem, as crianças reclamaram de cansaço e resolveram parar numa pracinha. O homem sentou e logo ofereceu o próprio colo para a criança, então começou a abusar dela.

Depois de um tempo, ele percebeu que estava sendo filmado e tentou fugir com as meninas, mas acabou cercado e imobilizado pelas pessoas que gravaram o vídeo. O grupo chamou a polícia e o suspeito foi preso em flagrante por estupro de vulnerável.

A menina que foi abusada é vizinha do suspeito e costumava sair com ele e a filha. A Polícia Militar informou ao Balanço Geral, não descartar a possibilidade de não ser a primeira vez que a criança sofre abuso. “Nós não sabemos se houve outros abusos ou não, mas dessa vez foi flagrado esse ato e a população se revoltou”, disse o Sargento Franco em entrevista ao jornal.


Assista ao vídeo:

Como denunciar um abuso sexual

É comum — mas não normal — se deparar com notícias sobre abuso sexual contra crianças e adolescentes. São casos que podem envolver desde desconhecidos até pais, padrastos, professores e líderes religiosos. A violência vem de qualquer lugar e é isso que mais assusta. Denuncie, compartilhe, debata e até grite, se necessário. Ligue para o Disque 100 quando suspeitar de algo.

Vinculado à Secretaria de Direitos Humanos, o Disque 100 é um serviço que oferece proteção a crianças e adolescentes vítimas de violência sexual e atua como poio, denúncia, amparo e orientação em todo o Brasil para apurar os fatos, proteger o menor e punir o criminoso. O canal funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.


Fonte: paisefilhos.uol.com.br