Homem que trabalha em creche para cães é filmado chutando filhotes quando eles choram

Nossos cães, além de nos fazer companhia, se tornam mais que um animal de estimação. Eles também se tornam parte de nossa família . Mas infelizmente, nossas ocupações cotidianas não nos permitem ficar com elas o dia todo.

No entanto, viveiros de animais têm sido um grande alívio para muitos seres humanos que levam seus animais de estimação para receber os melhores cuidados, enquanto eles não estão presentes.

Muitos desses viveiros são anunciados como centros de cuidados ideais para animais de estimação. Mas às vezes há funcionários que não seguem as políticas do berçário e têm um comportamento muito violento que deixa muito a desejar.

Na Inglaterra, especificamente em Sheffield, os funcionários de uma creche para cães chamada The Doggy Den instalaram câmeras escondidas para registrar o tratamento horrível que um de seus colegas deu aos filhotes.

Um dos vídeos foi gravado em uma sala, podemos ver cerca de 20 cães e apenas 2 trabalhadores.

Além disso, eles relatam que houve até um dálmata gemendo e chorando, porque ele estava trancado em uma pequena gaiola.



Os vídeos foram gravados entre março e dezembro do ano passado, mas não foram revelados para evitar represálias de seus chefes; No entanto, após a demissão, eles tornaram públicos os vídeos de abuso.

Em outras gravações, um ex-funcionário é mostrado – que agora está no exército – chutando vários filhotes. No entanto, o gerente do Doggy Den garante que esses casos são isolados, embora não justifiquem os maus-tratos.

”Nós nunca usamos o canil, a única razão pela qual eles estão lá é porque o Conselho insistiu que nós os temos. Nunca colocamos cachorros em gaiolas por longos períodos “, escreveu Tom Greatorex, o gerente, em um post no Facebook.

Por sua vez, ele também deu declarações de que o empregado que chutou um dos cães é supostamente um amante de animais, vegano e está cuidando de cães há mais de 10 anos.

Além disso, ele assegurou que os vídeos não foram feitos por suas câmeras de segurança, mas a realidade é que eles foram feitos pelas câmeras escondidas de um de seus ex-trabalhadores que estavam fartos das atitudes violentas das instalações.

Você pode ver o vídeo abaixo:

Esperamos que a situação seja esclarecida em breve e que as pessoas mal-intencionadas recebam justiça por seus atos nefastos de violência.

Lembre-se de não ser cúmplice do abuso e de denunciar todo ato de violência. Compartilhe esta notícia com seus amigos.


Fonte: Te Importa