Homem se vinga do prefeito pela morte de sua árvore favorita.

Em Redondo Beach, uma cidade na região metropolitana de Los Angeles, mora um homem que tem um relacionamento especial com uma árvore do tipo aroeira em seu terreno. Um dia, porém, a prefeitura local toma a decisão de derrubá-la. O homem fica indignado e começa uma vingança criativa (e secreta) contra a prefeitura. Quando o momento certo finalmente chega, ele publica a seguinte carta:

“Olá, eu sou arborista. Isso significa que eu me dedico profissionalmente à criação, cuidado e estudo das árvores. Eu amo árvores. Para mim, elas estão entre as coisas mais lindas, altas e antigas do nosso planeta.

Hoje, eu vou lhes contar uma história sobre morte, nova vida e vingança. Há três anos, a prefeitura de Redondo Beach ordenou que minha árvore de 30 anos, Clyde, fosse cortada.

Suas raízes tinham começado a sair pelo pavimento da calçada em frente à minha porta. A administração da cidade percebeu isso e ordenou a morte da minha árvore. Eles também me fizeram pagar pela remoção da árvore e pelos danos à calçada.

Eu amava Clyde. Eu estou ficando cada vez mais velho, e por isso é importante para mim plantar algo que ainda viverá muito tempo depois da minha morte. Eu cuidei bem dele. Eu o reguei, o apoiei quando ele ainda era um arbusto, e o vi crescer.

Apenas no momento em que Clyde se tornou uma planta forte e saudável, expandindo suas raízes, construindo um dossel e levando a vida em suas próprias mãos, o prefeito veio e arruinou meu filho magnífico.

Prefeito Steve Aspel, você assassinou meu filho.

Você pagará por isso. Há dois anos e sete meses, eu plantei secretamente, em diferentes parques, jardins e propriedades públicas da cidade, mais de 45 sequoias sempervirens e 82 sequoias-gigantes.

Até agora, seus sistemas radiculares têm em média 9 metros e estão bem fixos no solo. Talvez você tenha notado as árvores crescendo em frente à câmara municipal ou as novas em seu jardim. São sequoias-gigantes e seu crescimento acelerará nos próximos meses.

Você matou Clyde, mas eu o substitui por outros mais de 100 gigantes vivos. E elas ficarão gigantes. Em poucos anos elas chegarão a uma altura de 30 a 60 metros e viverão mais de 2500 anos. Isso é mais tempo do que o nascimento de Cristo até hoje. E para cortar cada uma, você precisará gastar (convertido em reais) mais de R$ 4800. Eu vou te deixar com essa conta da mesma forma que você fez comigo 3 anos atrás.

Tenha um bom dia! Que sua cidade seja dominada por árvores. Que Clyde descanse em paz.”

Quem poderia ter imaginado? Alguns amantes das árvores parecem ter vínculos emocionais mais fortes do que pensávamos. Como será que o prefeito reagiu?