Mãe tricota novo filho, pois o seu não quer ficar abraçado com ela.

Marieke Voorsluijs, de Amsterdã, é mãe de dois filhos que já passaram da fase de ficar abraçadinhos. A holandesa, sentindo falta do apego, teve uma ideia extravagante: tricotar uma cópia em tamanho real de seu filho mais novo.

Por dois meses, a mulher trabalhou nesse projeto, e o resultado é assustadoramente realista.

Visualizar esta foto no Instagram.

Walking the dog #knittedson #knitting #knittingontheedge #knitstagram

Uma publicação compartilhada por Marieke Voorsluijs (@mariekevoorsluijs) em

Marieke é conhecida em toda a Holanda por sua artes de tricô. Mas as ideias para suas criações não são apenas da jovem mãe: ela é membro de um clube para mulheres fãs de tricô, que fazem as mais incríveis obras de lã. As participantes do “Club Geluk” (“clube da felicidade”, em português) se reúnem regularmente para criar verdadeiras obras de arte.

A atenção ao detalhe é o que permite criações tão realistas. Marieke e suas amigas do clube enfrentam desafios a cada nova ideia. Mas Marieke queria enfrentar o maior deles sem seu clube de tricô: fazer um “ser humano” inteiro de lã.

Marieke teve a ideia durante uma conversa com seu filho adolescente: “Nós rimos da diferença entre suas vontades e as minhas. Ele precisava de seu espaço e eu precisava de alguém que eu pudesse suprir minha necessidade de cuidado maternal. Sou designer têxtil e ele gosta de me ajudar e tem ótimas ideias criativas. Então nos sentamos juntos e pensamos em uma solução com a qual ambos pudéssemos viver. Então, surgiu a ideia de fazer uma versão fofinha dele.”

Visualizar esta foto no Instagram.

My knitted son and me #knitting #knittingontheedge #knitstagram

Uma publicação compartilhada por Marieke Voorsluijs (@mariekevoorsluijs) em

Para que Marieke pudesse implementar esse plano, os filhos ficaram felizes em ajudar. “Meus dois filhos acharam o projeto excitante e me ajudaram a fazer o boné e, claro, a posar para mim. Eles sempre me ajudaram com os projetos, sejam privados ou para meu trabalho. Eles gostam quando suas ideias são usadas”, conta a mulher.



No entanto, a mãe fica cada vez mais nostálgica ao ver que seus filhos estão crescendo aos poucos: “Meu filho está agora na puberdade. Antes, nós costumávamos passar muito tempo abraçados, mas agora isso acontece muito pouco. Hoje, ele prefere sair com seus amigos, brincar com seu celular ou ouvir música em seu iPod – exatamente aquilo que é provavelmente natural. Mas eu sou uma boa mãe e aceito isso. Eu sou grata por ele ser um garoto saudável.”

Visualizar esta foto no Instagram.

Have a chill weekend! #gebreidezoon #knittedson #myknittedson

Uma publicação compartilhada por Marieke Voorsluijs (@mariekevoorsluijs) em

Porém, quem pensa que Marieke é uma mãe que de fato passa horas abraçada com um boneco de lã, está enganado. Seu “filho tricotado” esconde o filho de 11 anos de verdade, que “veste” o irmão de lã como se fosse uma fantasia.


Em uma entrevista, Marieke deixa claro que não é uma louca carente, como a internet a faz parecer, e que é tudo uma brincadeira: “Se eu soubesse que as pessoas realmente acreditariam que eu era uma mãe carente, que precisa tricotar um novo filho por puro desespero, eu teria postado outra coisa.”

Visualizar esta foto no Instagram.

Òf je werkt aan je administratie òf je maakt een wolpruik. #yarn #yarnaddict

Uma publicação compartilhada por Marieke Voorsluijs (@mariekevoorsluijs) em

Mas independente do motivo de ter feito o clone de lã, ele é uma incrível obra de arte, a qual ela fez com muito amor.

Se quiser ver outros projetos de tricô incríveis de Marieke e do Club Gelik, visite o Instagram dela.