MENINA DE 4 ANOS MANTEM BEBÊ VIVO POR 3 DIAS APÓS OS PAIS MORREREM

A menina e seu irmãozinho bebê ficaram três dias sozinhos em casa após os pais morrerem no local
Uma menina de quatro anos conseguiu manter seu irmãozinho bebê de apenas dois meses vivo após terem que passar três dias sozinhos em casa. O pai das crianças, David Kooros Parsa, matou a mãe Mihoko Koike Parsa e depois tirou a própria vida, deixando as crianças sozinhas na residência em Los Angeles nos Estados Unidos.

Os pequenos foram encontrados pelos vizinhos Olivia e James Robinson no dia 14 de abril, a polícia acredita que eles foram achados três dias após os pais terem morrido. Os vizinhos foram até a casa após a polícia ter ido ao local e não ter encontrado nada. As crianças estavam no sótão e os vizinhos as acharam e chamaram a polícia.

Olivia falou ao jornal britânico Daily Mail sobre como encontrou as pequenas. “Eles obviamente estavam mal e cheiravam a urina. A menina estava bem quietinha e tinha um olhar vazio”, contou Olivia.

Um outro vizinho, Tony Medina, levou as crianças até sua casa e lhes deu comida enquanto a polícia não chegava. “A menina me contou que ouviu a mãe chorando e depois ela me contou algo que partiu meu coração, ela disse que viu a ‘mamãe quebrada’”, contou Tony em entrevista ao canal CBS.


Os polícias falaram sobre o caso nesta quinta-feira (25/04). Eles relataram que a menina de quatro anos conseguiu manter seu irmãozinho vivo e a consideram uma heroína. “Ela é um anjinho e conseguiu manter a si mesma e seu irmãozinho vivos. O pequeno de dois meses é um milagre e sua irmã é uma heroína”, contou a policial Maureen Ryan.

As crianças estavam desidratadas e famintas quando foram encontradas, mas agora já estão recuperadas. Elas estão sob a guarda do conselho tutelar.

Foto: Reprodução – A vizinha Olivia que encontrou a menina e o bebê

Foto: Reprodução – O marido de Olivia também estava presente quando as crianças foram encontradas