Menino ofende colega, e pai filma sua punição.

Pais têm que encarar decisões difíceis com grande frequência quando o assunto é a educação dos seus filhos. Castigar, conversar ou simplesmente deixar a criança ser criança – cada um educa como acha melhor.

Um pai dos EUA filmou um pouco de sua reação ao mau comportamento de seu filho. O vídeo gerou muita polêmica sobre o quão duro pode/deve ser um castigo. Tudo começou quando o filho de Bryan Thornhills, Hayden, foi expulso do ônibus escolar pelo motorista.

Quando Bryan perguntou ao filho de 10 anos o porquê, ele ficou chocado com o comportamento do filho. “Meu filho causou confusão no ônibus a ponto de não poder pegá-lo por três dias. Ele foi expulso do ônibus por ofender outros alunos, e eu não tolero esse tipo de comportamento”, conta Bryan. E ao invés de levar o filho à escola durante esses dias, ele resolveu usar outro método para puni-lo.

Seu filho teve que andar os 1,6 km de casa até a escola pelo resto da semana – todas as manhãs e tardes. Segundo Bryan, isso mostraria ao menino de 10 anos que seus atos têm consequências. Ele deveria entender que precisava pensar antes de agir. Para coroar, Bryan foi de carro atrás do menino para filmar tudo.


Ele fez um vídeo especial sobre seu “método educativo”. Isso porque estava chovendo muito lá fora, mas isso não impediu Bryan de manter seu castigo. “Ontem, ele foi muito hostil com sua irmã Michelle. Por isso ele também teve que ir a pé para a escola hoje”. No entanto, para muitos pais, esse castigo drástico parece dar frutos. Os professores do pequeno Hayden relatam que ele está mais disciplinado na escola e não perturba a classe com tanta frequência. Para Bryan, essa é a confirmação de que ele tomou a decisão certa.

“Eduquem suas crianças, não tenham medo de ser pais. As crianças de hoje em dia precisam disso”, diz ele em um vídeo aos outros pais. Depois do vídeo de Hayden correndo na chuva ser compartilhado no Facebook, ele recebeu muitos comentários de pais preocupados. Eles repreenderam o pai por ser muito rigoroso com Hayden e até de estar beirando o abuso infantil. Não só a corrida na chuva, mas também a difamação pública chocaram muitas pessoas.

No entanto, Bryan deixa claro que ama Hayden e que seu filho sabe que ele sempre está ali quando ele precisar, mesmo quando está sendo castigado. Além das críticas, muitos comentários elogiam a atitude do pai: “Alguém pode me explicar como alguém pode considerar seu vídeo como maus tratos? Eu, pessoalmente, te aplaudo. Muitas outras pessoas deveriam ser assim.”

Enquanto isso, o vídeo de Bryan já teve mais de 37 mil compartilhamentos e mais de 1 milhão de visualizações. Você pode assisti-lo abaixo (em inglês):

O que você acha: a punição de Bryan foi sensata ou passou dos limites? O que você faria no lugar dele? Deixe seu comentário!