MULHER USA O SÊMEN DE FILHO MORTO PARA CONSEGUIR REALIZAR SONHO DE SER AVÓ

MULHER USA O SÊMEN DE FILHO MORTO PARA CONSEGUIR REALIZAR SONHO DE SER AVÓ

O desejo de dar sequência as suas origens e perpetuar a genética da família toma conta da maioria das pessoas ao redor do mundo. Depois que você tem o seu filho e ele cresce você acaba esperando que ele faça o mesmo, como em um ciclo sem fim. Afinal, se não fosse por isso nós não estaríamos aqui agora, não é mesmo? Mas, nem sempre ter um filho faz parte dos planos de alguém ou, por algum outro motivo, isso acaba não acontecendo como esperado.

O sonho de constituir uma nova família com seu conjugue, dando o passo importante de conceder um filho, pode ser muito difícil e até perturbador para alguns. Com a correria do dia a dia, o estudo e o trabalho muitos tem deixado essas questões mais para o meio da vida. Porém, nem sempre conseguimos chegar até onde imaginamos. Mortes precoces são chatas mas ainda sim uma realidade, doenças fatais podem ser descobertas de uma hora para outra e mudarem todo o rumo da sua história, e infelizmente encurtá-la consideravelmente.

A vida do garoto antes de seu morte

Prathamesh, o homem indiano que teve seus sêmens usados para conceber 2 filhos depois de sua morte, era um garoto comum até não muitos anos atrás. Ele se formou em engenharia ainda na  Índia, no  Sinhgad College of Engineering, e logo seguiu para a  Alemanha para fazer o seu mestrado em 2010. Mas, em 2013, ele acabou recebendo uma trágica notícia, sendo diagnosticado com um  tumor maligno no cérebro. A doença acabou trazendo a sua morte em 2016, deixando a sua mãe,  Rajashree Patil, desolada.

Apesar de todo o desenrolar dessa história e o procedimento terem sido feitos pela mãe do falecido a ideia de preservar o sêmen de  Prathamesh não partiu dela. Antes que a  radioterapia começasse, os médicos teriam pedido para o homem que preservasse seu sêmen já que o processo podia causar a sua  infertilidade. E, apesar de não ser casado, ele acabou seguindo as orientações recebidas e armazenou seu sêmen de forma com que a responsabilidade deles ficassem com sua mãe,  Rajashree, e sua irmã  Dnyanashree.

A sequência de sua vida

Depois que  Prathamesh faleceu, sua mãe não conseguia se desfazer de seu filho e queria manter os fortes laços que existiam entre eles em vida. Foi aí que, motivada pelo desejo de ser avó e permanecer com parte de seu filho ao seu lado,  Rajashree conseguiu uma ” barriga de aluguel” para gerar os seus netos. O sêmen de  Prathamesh foi fecundado com um óvulo de uma  doadora anônima e então colocado no útero da mulher que iria gerá-los.

A  fertilização in vitro foi um sucesso e, em 12 de fevereiro, o  casal de gêmeosfinalmente nasceu. O menino recebeu o nome do pai,  Prathamesh, enquanto a menina foi nomeada de  Preesha – que significa ” presente de Deus“. De acordo com o médico  Supriya Puranik, do hospital  Sahyadri, o procedimento feito com o homem, assim que ele descobriu o câncer, era na verdade rotineiro devido aos perigos de  infertilidade. Mas que, o caso em específico acabou ganhando destaque por se tratar de uma mãe em luto.

A história tocante nos faz pensar como as coisas podem simplesmente mudar de uma hora para outra. Além disso, o amor incondicional e eterno de sua mãe é realmente prazeroso de se ver. O que acharam do desenrolar dessa história? Acreditam que essa medida, tomada por  Rajashree, seja compreensível?