Pai descobre que o filho é bully. A punição foi perfeita!

A geração de hoje é muito grosseira, alguns até dizem que esta é a geração “perdida”. Mas a atitude deste pai vai fazer com que você mude de ideias e volte a ter esperança na humanidade!

Na cidade de Green Bay, Wisconsin, um pai descobriu que o seu filho estava a fazer bullying com outros meninos na escola. O que ele fez depois foi impressionante… Em vez de deixar com que a escola o disciplinasse, ele resolveu tomar as suas próprias medidas para dar uma lição ao garoto que ele nunca mais iria esquecer.

Kayden Robenhorst era um menino que maltratava um colega da sua escola, “Pulaski Middle School”. O seu pai, Timothy Robenhorst, ficou chocado com o que descobriu do filho e resolveu lhe dar um castigo severo dividido em cinco tarefas, para que ele aprendesse a lição. Tirou ainda uma foto e postou no facebook, segurando, junto de seu filho, um cartaz que descrevia todos o castigos que ia aplicar a Kayden. Essa fotografia se tornou viral na internet.

O cartaz dizia o seguinte:

“O meu nome é Kayden Robenhorst. Eu sou culpado de ser um bully na escola Pulaski. O meu castigo é o seguinte:

1- 50 flexões apoiado nos meus punhos
2- 10 flexões inclinado
3- Correr uma milha (às 4h30 da manhã)
4- Eu também vou fazer jardinagem nas duas casas do meu pai e
5- Vou pedir desculpas ao menino que intimido na frente da turma toda hoje, 18 de Março de 2015.”

Mais tarde, Timothy disse “Eu ensino as minhas crianças a não começar brigas mas se alguém põe as mãos neles, eles terminam a briga. Isto é o que acontece quando você se torna num bully! Eu não tolero isso e, às 4.30 da manhã, o meu filho descobriu o que acontece quando você insulta e faz bullying nas pessoas. Por favor partilhem isto para acabar com este comportamento em todo o lado! Nada muda até você tomar uma atitude, e basta uma pessoa para começar uma revolução!”.

Se você concorda com o pai de Kayden, compartilhe essa história e mostre para todo o mundo esta lição de vida.