Piada do dia: partes do corpo decidem quem deve ser o chefe.

Quando o ser humano foi criado, as partes do corpo se reuniram para decidir quem deveria ser o chefe.

O cérebro se candidatou argumentando que era ele quem tomava todas as decisões.

Os olhos retrucaram que, se eles não vissem tudo, o cérebro não poderia tomar decisões.

A bunda quis dizer algo, mas foi interrompida pelas orelhas, que afirmavam que os olhos não podiam ver em todas as direções, enquanto elas eram mais dinâmicas e, por isso, deveriam ficar no comando.

O coração entrou na discussão e disse que tudo parecia muito lindo, mas que se não fosse por ele bombeando o sangue, nenhum deles conseguiria fazer nada.

Então, a bunda tentou falar algo novamente, mas foi rapidamente interrompida.



O estômago disse que o coração só conseguia trabalhar porque ele tomava conta da digestão e assim absorvia as substâncias importantes.

Então, foi a vez das mãos afirmarem que o estômago só recebia essas substâncias porque elas as levavam até o corpo.

A bunda tentou mais uma vez apresentar a sua opinião, mas todos achavam que ela deveria calar a boca.

Isso a deixou extremamente brava. Então, ela decidiu fazer uma greve e não deixar mais nada sair do corpo.

Não demorou muito para que o cérebro se sentisse fraco. Os olhos começaram a ver pontos pretos dançantes. As orelhas escutavam um barulho ensurdecedor. O coração se contraiu. O estômago ficou inchado e doente. As mãos começaram a tremer. Finalmente, todos se renderam e pediram educadamente para a bunda parar. Mas ela continuou, já que todos tiveram a chance de ouvi-la. Todos resistiram por um tempo, mas à medida que ficaram cada vez piores, eles finalmente perceberam que tinham que ceder e deixar a bunda dar as ordens.

Desse dia em diante, onde quer que haja uma organização, há um bundão como chefe.